23/07/2009

NOVA PAISAGEM


Comecei este trabalho, será uma espécie de caminho para colocar no encosto do sofá.

20/07/2009

MANDALA

Afinal, bordei minha mandala, projeto adiado há longo tempo.

PAISAGENS DO CORAÇÃO

Finalmente, conclui o panô que irá adornar uma parede de meu ateliê. Ainda falta quiltar, mas já dá para curtir o resultado. O trabalho foi todo feito com aplicações em dobra de agulha e depois bordei minhas paisagens mais caras: a casa, as árvores, os pássaros e minhas cachorras.


CHÃO DE ESTRÊLAS
DETALHE

19/07/2009

COMPARTILHANDO AFETOS


Com a presença de Sávia Dumont, querida amiga e um grupo especial de mulheres, passamos um dia maravilhoso: bordando, partilhando a refeição, trocando experiências...

CELEBRAÇÃO


Dia 04/07 foi um dia muito especial, a inauguração de meu ateliê em Ibiuna.

ATELIÊ

Espaço voltado às artes. Projetos em Patchwork, bordados, decoração e paisagismo. Confecção de peças exclusivas para presentear em ocasiões especiais.
email:jaci@retalhosetcetal.com

CAMPANHA ADOÇÃO RESPONSÁVEL

MEU RECANTO

MEU RECANTO
Recorte de meu jardim, em Ibiuna, meu sonho concretizado.

TATIANA QUERIDA

TATIANA QUERIDA
Adoro este olhar meigo...

ÁRVORES DA VIDA

ÁRVORES DA VIDA
Quando bordo troncos, sempre penso na sua semelhança com as marcas que o tempo imprime no rosto e no corpo das pessoas. Sobreposições das alegrias e tristezas que a vida nos proporciona, traços da história de cada um.

TATI PAIVA

TATI PAIVA
VALE A PENA CONHECER O TRABALHO DESTA ARTISTA!
O SONHO DE UMA VOVÓ

Não estamos sempre recorrendo àqueles que podem permitir ou propiciar o sonho que não pudemos sonhar?

Leopoldo Nosek


Ontem, na oficina realizada na Idéias a Fio, foi possível mais uma vez reafirmar minha crença na potencialidade criativa que um verdadeiro encontro contém. Neste espaço acolhedor, tenho realizado várias oficinas de bordado e, entre pontos, conversas e saborosos quitutes, foi construído um laço de genuíno afeto.

Nos intervalos de silêncio, cada participante, amparada pela presença das demais, emergia em seu imaginário tecendo o desenho dos sonhos a bordar. Qual uma gestação, espaço de tempo durante o qual se concebe o novo ser que habitará este nosso mundo, tão cheio de contradições e belezas, nos debruçamos sobre nosso interior traçando linhas, imaginando cores, compondo paisagens e nos preparando para dar à luz a nossa história no tecido.

E assim fez nossa cara Maria Helena. Com delicadeza e amor bordou seu peixe mergulhado num aquário transbordante de carinho para a netinha que, em algum lugar ainda desconhecido, inicia seu percurso em direção a essas pessoas especiais, que pacientemente constroem ponto a ponto o seu lar, o refúgio onde, afinal, estará abrigada.

E assim, nesse espaço sagrado que o bordar possibilita, onde o sonhar migra para a realidade, fomos testemunhas da mágica transmutação.

A frase em epígrafe foi extraída de um texto de Nosek relativo ao projeto desenvolvido na ACTC – Associação de Assistência à Criança Cardíaca e à Transplantada do Coração.























































































CIRANDA

CIRANDA
Uma mulher é como uma árvore gigantesca que, por sua capacidade de se mover ao invéz de permanecer estática, pode sobreviver às piores tempestades e perigos; e ainda estar de pé depois; ainda descobrir seu jeito de voltar a balançar, ainda continuar a dança (Clarissa Pinkola Estés).